Aperte o play para assistir ao trailer
Relatos Da Vida Pessoal Relatos Da Vida Pessoal
Cena 1 Fui criado com irmão do meu Pai, e levei esta questão familiar a sério.
Conheça Brenda, uma mulher cujos pais partiram cedo para a eternidade, deixando-a aos cuidados de seus tios, incluindo o irmão de seu pai. Criada sob esse teto, Brenda desenvolveu laço especial com seu primo Henrique. Mas, mal eles sabem que Brenda levou muito a sério esta questão familiar.
Cena 2 Eu queria estar no Lugar de Minha Mãe
Um relato de uma enteada que se envolveu com seu próprio padrasto. Ao longo desse romance proibido, era visível a mudança do comportamento do padrasto mudou completamente dentro de casa, causando enorme espanto e surpresa em sua família, já que ele se apresentava como um homem íntegro e honrado, tudo isso em razão do envolvimento com sua própria enteada...
Cena 3 A partir desse dia, eu deixei de ser sua aluna e ele deixou de ser meu professor
Uma história picante sobre uma jovem aluna de 18 anos carente de boas notas para ser aprovada, e poder viajar nas férias com família! De um lado, um professor de Educação Física, comprometido com sua profissão e disposto a ajudar qualquer aluna que solicitasse ajuda para melhorar as notas! De outro lado, uma aluna capaz de tudo para melhorar suas notas!
Cena 4 Minha vida com meu tio Fred!
Este fato ocorreu na minha vida. Minha mãe nunca me perdoou por isso. Até hoje ela não admite de quem é a culpa: minha ou do Tio Fred! Mesmo assim, me sinto uma pessoa feliz e privilegiada por ter alguém a meu lado me apoiando em todas as fases de minha vida, sem jamais pedir nada em troca! Este é o relato fiel de minha vida com meu tio Fred!
Cena 5 Adorava Dançar Para Meus Tios E Primos Nas Festas De Família!
Bastava meu tio me levar para o quarto dele, trancar a porta. Eu temia que algum familiar nos flagrasse e acabaria contando calúnias sobre nós. Meu tio é um homem divorciado, mas quando era casado, já costumava me tarar nos encontros de família, e a mulher dele na época ficava furiosa, pois eu chamava muito atenção pelas minhas roupas curtas. Minha mãe sabia de tudo, mas meu pai, não, que eu ia para o quarto do meu tio...
Cena 6 Agora entendo porque minha esposa sentia ciúme da minha sobrinha Larissa!
Um casamento em crise, tudo na visão do marido sem motivo algum. Larissa uma sobrinha mimada e provocativa, transparecia ao seu tio, querer algo que fosse proibido. Mesmo contrariado pela esposa, o seu tio nunca deixou de tratar bem, sua “favorita”...
Cena 7 Minha madrasta não teve escolha a não ser infiel para o meu pai
Minha preocupação não era trabalhar com minha madrasta, mas sim, meu tesão escancarado por ela! Ela me confidenciava intimidades de seu casamento com meu pai. Meu tesão por ela era tão forte que acabei fazendo besteiras no trabalho e em casa! Todos ficaram sabendo...
Cena 8 Filha, sua mãe e seu noivo não estavam final de semana!
Enteada procura conforto no consultório do seu padrasto após uma desilusão amorosa, sua vida esta conturbada. Mas juntos, eles enfrentarão uma triste coincidência que os unirá de maneira inesperada. Uma história de segredos se entrelaçam.
Cena 9 Meu Marido Pediu Pra eu Sair com Outro Homem
Uma esposa feliz. Ela e seu marido já estavam casados há anos. A mãe dele, por sua vez, perguntava a ela se seu filho era igual aos outros homens. Eu achava estranha essa pergunta. Mas, com o tempo, fui percebendo e entendendo por que sua mãe me fazia aquelas perguntas.
Cena 10 Agora eu sei porque outra familia decistiu da adocao
Três pessoas com vidas tão distintas, mas que hoje compartilham uma história em comum. Ele, um filho nascido de um casamento feliz, e ela, vindo de um passado triste. No entanto, com a chegada dela, conseguiu superar completamente seu passado sombrio. Com seu jeito simples e cativante, conquistou rapidamente o carinho e a confiança de toda a minha família. Era como se, durante todo esse tempo, faltasse apenas ela para completar nossa família.
Cena 11 Porque o meu Padrasto Ramon mudou comigo com passar dos anos?
Lucia é uma enteada que teve uma boa educação e sempre cuidou da sua mãe Rachel, mesmo depois que ela se casou com Ramon, sendo assim seu padrasto. No início, seu padrasto era considerado bom, depois começou explorar as duas nos trabalhos domésticos. Mas a enteada mostrou para ele o que era capaz de fazer pra mudar a situação, tanto dela quanto a de sua mãe dentro de casa.
Cena 12 Talvez, Aquilo Que Eles Faziam Não Era Certo, Mas Eu Gostaria de Estar no Lugar de Nicóli
Este é um relato de 2 irmãos de criação. Pelo fato de já conviverem por muito tempo juntos, sabiam muito bem o que era errado e certo. Mas as pessoas já tinham uma certa desconfiança no que ocorria dentro de casa entre eles...
Cena 13 Eu e meu sobrinho fomos criados juntos e parecíamos até irmãos.
Relato de uma tia que tinha pouca diferença de idade para o seu sobrinho predileto, e por isso cresceram juntos. Antes de julgarem esta história assistam. Vocês vão entender porque ela não sentiu um pingo de culpa no que ocorreu nesta época dentro de casa...
Cena 14 Eu comi a faxineira e meu filho comeu a filha dela
Relatos de família completamente comum, que tinha marido, esposa e filho. A esposa contratou uma empregada que tinha filha, os pais desconfiavam que a filha da empregada tivesse um caso com seu filho querido, pois por muitas vezes ao chegarem em casa a filha da empregada que era pra estar ajudando a mãe, estava lá quarto do filho, sem qualquer justificativa plausível. Bem, o marido tentou demitir a empregada, mas foi convencido de alguma forma pela mesma a não fazer isso.
Cena 15 Acho que eles desconfiavam o que acontecia conosco
Relato de 2 Jovens de 18 anos que passavam muito tempo juntos em casa. Os pais deles provavelmente já desconfiavam ou fingiam não saber de nada. Antes de tirarem suas conclusões, assista a esta história, pois tudo tem um motivo para ter chego a este ponto...
Cena 16 Meu padrasto ia no meu quarto pra verificar meus estudos
Relato de suas memórias mais picantes de quando ainda era uma Jovem de 18 anos. Criada pelo seu padrasto Josef, assim que completou esta idade, ele não tirava os olhos dela, ou melhor do meio das pernas dela. E tudo acontecia quando não tinha mais ninguém por perto. Ate certo ponto esta jovem tentou evitar, mas seus hormônios a empurraram para os braços dele...
Cena 17 Meu marido pediu a ajuda ao meu sogro, para achar minha vocação profissional.
Relato de uma mulher madura que procurava ter uma vida mais saudável. A vida dela parecia perfeita, mas não era. Ela queria muito fazer um "algo a mais". Foi quando seu marido conseguiu um trabalho na empresa do pai dele, no caso seu sogro. E ela acabou descobrindo neste novo emprego que realmente tinha vocação para coisa...
Cena 18 Eu e Fábio sempre fomos muito próximos, isso fortaleceu nosso vínculo ao longo do tempo
Relato de 2 Jovens que tinham uma conexão em sua família e se reuniam sempre para "treinar" e levar esse vinculo ainda mais longe e mais fundo...
Cena 19 Minha prima mais velha Vanessa
Relato de um primo que foi para capital de São Paulo muito cedo tentar a sorte e ganhar a vida. Trabalhou muito e conquistou uma condição financeira muito boa. A tia que era do interior da cidade de onde ele veio, pediu para que o sobrinho ajudasse a sua filha a procurar algum emprego na cidade grande e obviamente a deixasse ela passar um tempo lá em sua casa...
Cena 20 Eu traia meu marido com irmão gêmeo dele e minha sogra sabia.
Relato de uma esposa, que tinha um marido que trabalhava muito, e que mesmo nestas condições, precisou ir morar com a sogra e seu cunhado. O problema é que seu cunhado solteiro era gêmeo idêntico ao seu marido. A sogra por sua vez, sempre elogiava a este filho, dizendo "que sorte ele tinha em ter encontrado uma mulher como ela". Mas por algum motivo a safadinha da esposa, sempre pensava que o marido deveria era dividir essa tal "sorte" com o irmão dele...
Cena 21 Samantha sempre gostou de pegar em mim, eu resolvi visitar ela depois de muito tempo passado!
Relato das memórias de Edgar, que tinha uma linda prima chamada Samantha. Samantha sempre foi bem safadinha e sempre gostou de pegar nele. Uma vez, acabaram ultrapassando os limites dessa "pegação", e depois nunca mais tocaram no assunto. Passaram-se muitos anos sem se ver, foi então que Edgar resolveu ir visitar sua tia, e é claro, sua priminha também!
Cena 22 Primeira vez faço boquete no Titio Edson
Relato de Ângela, que era única filha e ainda morava com sua mãe. Ângela teve como única presença masculina em sua vida foi tio Edson, a qual eu vivia agarrada a ele e era meu melhor amigo e sempre muito respeitador. Depois completou 18 anos, começou consumir vídeo pornô, principalmente as histórias de sexo, e muitos delas acontecia com uma novinha transava com sei proprio tio, foi quando ela se lembrou do seu Tio Edson.
Cena 23 O alvo do meu irmão passou a ser minha esposa
Fred, irmão mais velho da família, casou com mulher muito mais jovem que ele, o nome dela era Carla. Ela era uma mulher Linda, Inteligente e bem sucedida. Aos domingos, eles iam almoçar na casa da matriarca junto com outros irmão de Fred. Mas como toda família, tinha aquela ovelha negra, que por sinal nada mais nada menos do que irmão caçula de Fred. Ele não trabalhava e voltou recentemente de viagem fora do Brasil, onde dizia que estava fazendo um curso. Ele sempre queria chamar a atenção de todas as mulheres da família, as cunhadas já haviam passado do ponto para ele, então o alvo passou a ser a mulher de Fred.
Este vídeo será lançado no dia:
26/02/2024
Cena 24 Comendo a filha da empregada
Uma empregada recentemente teve uma perda da sua querida patroa, a qual trabalhava na casa dela e do seus familiares a anos. Depois deste triste acontecimento ela ficou preocupada pois poderia perder o emprego a qualquer momento. Mas sabendo da influencia do filho sobre o pai(Patrão) nas decisões domésticas, ela planejou minuciosamente aproximar a sua filha do patrãozinho... Mas a consequência futura disso, acabaria colocando em dúvida uma questão pessoal da sua filha.
Este vídeo será lançado no dia:
25/03/2024