Quase Irmãos Quase Irmãos
Cena 1 Enquanto eu zerava o jogo, ele me comia por trás
Meu meio irmão ganhou um video game, coisa que eu nunca tive oportunidade de ganhar de nossos pais. Comecei a frequentar o quarto dele e me tornei viciada no jogo. Surgiu primeiras reclamações dele, pois eu passava muito tempo la quarto dele jogando, foi quando chegamos um concenso de como poderia unir o ultimo ao agradavel, para ambos os lados
Cena 2 Meu irmão chegou bebado em Casa
Sempre desconfiei que meu meio-irmão me olhava maliciosamente, mas jamais abri mão de desfilar pela casa, só de camisola curta transparente e sem calcinha e nem sutiã! Sendo meu meio-irmão, e um rapaz extremamente tímido, ele nunca fez nada comigo nem sequer tentou ou insinuou! Mas dizem que a verdade está no fundo do copo!
Cena 3 Um pouco antes nossos pais chegarem
Eu e minha meia-irmã passamos muito tempo sozinhos em casa! Nossos pais, rígidos e ainda ligados aos bons e velhos costumes, nos cobram educação para visando um futuro mais digno para nós! Mas o que eles não entendem é que, com a convivência, não basta apenas educar, até porque aparecem outras necessidades e desejos! Assim, eu e minha meia-irmã, que somos apegados, descobrimos juntos coisas que geralmente se aprende na rua, mas somos cuidadosos quanto a isso, e só praticamos coisas dessa natureza momentos antes que nossos cheguem do trabalho!
Cena 4 Minha irmã dentro de casa
Nossos pais não gostam que fiquemos fora de casa, por isso eles saem e nos deixam ali, pensando que isso vai fazer com que não façamos nada na rua, mas tudo acabou acontecendo ali mesmo. Minha meia irmã usando uma lingerie bem safadinha lavando a louça daquele jeito na minha frente, justamente por que estava com a buceta pegando fogo as provocações partiram dela.
Cena 5 Ajudando meu irmão a superar sua separacao
Meia Irmã sensibilizada com o divórcio de seu irmão predileto encontra uma maneira de aliviar o sofrimento emocional dele! Ela já não aguentava mais vê-lo perambular pela casa triste e cabisbaixo! Depois de uma boa conversa, mesmo desconfiado, ele acabou aceitando a proposta dela!
Cena 6 Minha irmão é gordinha, mas gosta de tomar leitinho na boca, antes de ir dormir na cama seu padrasto
Logo depois que sua mãe ia dormir, sua filha e o padrasto ia ate cozinha pra fazer brincadeira de entregador de leite, o problema que ela sempre fazia de conta não tinha dinheiro pra pagar a encomenda e procurava pagar de outra forma
Cena 7 Flagrei meu irmão na masturbação e tive ajudar ele a relaxar
Prima do interior visita casa dos tios após anos sem vê-los! Assim que ela chega, percebe que seu primo, com quem conviveu por anos, está diferente, quieto e isolado no quarto! Seus pais já tentaram de tudo para ajudá-lo, já que não entendem o que ele faz o dia inteiro trancafiado! Sua prima, com quem ele tem mais afinidade [a que ele mais gosta] ficou preocupada com a situação, e decidiu descobrir a razão desse comportamento atípico com uma surpresinha especial para ele...
Cena 8 Era só minha mãe saia que ele me procurava
Era só minha mãe saia que ele me procurava. Toda vez é sempre a mesma coisa, sempre que minha mãe sai e vai ficar um tempo fora, minha irmã gulosa e pervertida vem pra cima de mim querendo pau, pois desde a primeira vez que ela experimentou a minha piroca grande e cabeçuda, ela simplesmente ficou apaixonada, pois nunca tinha sentido um pau tão grande assim penetrando a sua bucetinha. Eu acabo por nunca conseguir dizer não pra ela, pois a loirinha sem vergonha já vem toda assanhada me provocando só de lingerie e sem falar que a danada chega a salivar quando ve meu cacete pra fora e isso me deixa realmente num tesão danado. Ela mama e lambuza meu pau inteiro ao mesmo tempo pois sabe que isso só vai me deixar ainda mais atiçado a lhe comer com força como se estivesse fodendo uma prostituta e é justamente o que eu faço. Coloco ela pra berrar ali mesmo em cima do sofá, fazendo ela sentar bem gostosinho em cima do meu pau, comendo a bucetona gulosa dela de quatro e depois de pernas abertas até encher essa boquinha de veludo dela de porra. Confiram o conto erótico proibido "Era só minha mãe saia que ele me procurava".
Cena 9 Chupando o pau irmão no sofá
Chupando o pau irmão no sofá. Gordinha rabuda, bem tarada e com uma fome enorme de piroca estava em casa sozinha com seu irmão e acabou perdendo a linha de verdade. Já tinha um tempo que ela nem se quer via uma pica grande na sua frente pulsando e isso só fazia ela pensar besteira e foi então que a própria pervertida pediu pra que o irmão colocasse a vara pra fora pra ela pelo menos poder dar uma mamadinha e ele é claro, na mesma hora colocou a vara e deixou a safadinha cair de boca bem gostoso com esses seus lábios macios e aveludados, que rapidamente deixaram a pica toda molhadinha e pulsando e o que era pra ser apenas uma putaria de leve, acabou virando uma deliciosa foda, pois ela arreganhou as coxas grossas mostrando a bucetona carnuda dela já babando de tesão e começou a implorar para tomar uma surra bem dada de cacete e ele empurrou mesmo até o fundo desse maravilhoso xoxotão quentinho e suculento e nem demorou muito pra que sentisse uma vontade louca de gozar e assim, lambuzasse a cara dela todinha de leite, do jeitinho que a irmã assanhada queria. Confiram o conto erótico de incesto "Chupando o pau irmão no sofá".
Cena 10 Quis comer o cuzinho da sua irmão gordinha, VEJA O QUE ACONTECEU
Quis comer o cuzinho da sua irmão gordinha, VEJA O QUE ACONTECEU. Sozinhos em casa e com o tesão a flor da pele, acabou rolando mesmo a maior putaria entre eles... A gordelícia de rabão enorme usando uma calcinha fio dental bem cravada no meio da bunda justamente pra poder provocar, fez o meio irmão ficar de pau duraço e aí não teve jeito, ele colocou mesmo o pintão pra fora e deu na boquinha de veludo dela. Ela que já estava salivando de vontade de dar uma mamada, caiu de boca bem gostosinho chupando e babando na piroca inteira com seus lindos e deliciosos lábios carnudos, deixando o cacete completamente melado e fazendo ele ficar ainda mais pulsante e foi aí então que nem perdeu tempo em tirar sua calcinha fio dental, pulou em cima do cacete e começou a sentar feito uma verdadeira profissional do sexo, cavalgando com vontade, pedindo até mesmo umas boas palmadas na sua bundona e logo em seguida ainda ficou de quatro toda paradinha, abrindo as nádegas com as mãos pra que ele socasse fundo no seu cuzinho, até encher seu bundão de esperma. Confiram a cena exclusiva "Quis comer o cuzinho da sua irmão gordinha, VEJA O QUE ACONTECEU".
Cena 11 Toda a tarde após banho minha irmão fico vendo ela lendo livro
Toda a tarde após banho minha irmão fico vendo ela lendo livro. Aninha Galzerano é uma meia irmã bem atrevida e bem provocante que realmente atiça a qualquer um, e depois de ficar tanto espiando ela deitada desse jeito lendo seus livros, o cara acabou perdendo a linha por completo. O pau subiu e ele começou a não pensar mais com a cabeça de cima e acabou foi dando umas boas pirocadas na safadinha. Ela deitadinha ali de bruços com esse bumbum redondinho bem empinado e ele só descendo a lenha pra dentro da bucetinha gostosa que ela tem. A moreninha que é baixinha e mesmo assim consegue ser simplesmente deliciosa, soltava uns gemidos que impressionava e atiçava a qualquer um e a cada bombada que o meio irmão pirocudo lhe dava pra dentro da sua xoxota, fazia ela suspirar de prazer e soltar uns gemidinhos simplesmente maravilhosos, tocando suas nádegas carnudas e marcadas de lingerie, fazendo elas se mexerem e balançarem de um lado para o outro, o que só motivou mais ainda o rapaz a lhe encher de leitinho cremoso e quentinho em cima do seu popozão divino. Confiram o conto erótico "Toda a tarde após banho minha irmão fico vendo ela lendo livro".
Cena 12 Meia Irmã mais nova finge sono pesado
Depois que minha meia-irmã caçula veio morar junto com meu padrasto, começamos a brincar de fingir estar dormindo. Pois sei que ela é preguiçosa, mas desta vez a brincadeira ultrapassou todos os limites...