Primos & Primas Primos & Primas
Cena 1 Gozei de verdade no pau do meu primo

Depois de muito anos, o primo foi visitar a prima na casa dela. Após sua chegada, tomaram banho e foram assistir TV juntos! Já cansados e com sono, a priminha preparou a cama dele ali mesmo na sala. Durante a madrugada, ela ficou com pena do primo e resolveu chamar o “coitadinho” para dormir na cama dela, juntinhos como antigamente!

Cena 2 Batendo punheta olhando a prima dormindo

Um certo dia seu primo foi visitar uma prima que fazia muitos anos que a não via. Ele me recebeu todo carinho, tomei banho e fui assistir uma telinha com ela. Como o dia foi cansativos fomos dormir, e ela me convidou pra dormir junto a ela como velhos tempos. No meio da noite seu primo a olhava e resolveu bater uma punhetinha ao seu lado. O que ele não esperava era ela ainda não tinha pego no sono e foi relembrar os velhos tempos.

Cena 3 Comendo a prima, na cama do meu tio
A trabalho, primo precisa dormir na casa do tio durante a semana! Região de muito calor, seu tio generoso permite que ele se hospede em seu quarto refrigerado junto com sua prima, pois não vê maldade nisso! Assim que amanhece, tio vai trabalhar, e deixa os dois cochilando até mais tarde em sua cama...
Cena 4 Sempre quando vou na tia, minha prima me leva para o quarto pra fazer isso
Certa vez, a prima que eu mais gosto me convidou para tomar banho junto com ela após passarmos o dia inteiro juntos na praia! Apesar da diferença da idade entre nós, sempre fomos muito apegados! Especialmente naquele dia durante o banho, ela começou a me tratar diferente e pediu que eu baixasse a sunga na frente dela pois iriam se lavar livremente. Em seguida, ela me chamou para seu quarto a fim nos secarmos juntos...
Cena 5 Fiquei preso com meu primo

Suspeitos de trazerem um novo vírus para o Brasil, primos tiveram de cumprir quarentena isolados num quarto sem nenhuma forma de contato externo. Após dias de isolamento e já muito carentes, a convivência entre eles os aproximou ainda mais! Cada vez mais íntimos, certa curiosidade sexual acabou se despertando entre eles…

Cena 6 Comi minha prima na festa da família

Casa cheia, família reunida, sinônimo de diversão e alegria! Nesses encontros é comum ver primos e primas interagirem juntos e ter mais afinidades! Certa ocasião, primo mais velho que ela tinha mais afinidade, chamou sua prima novinha e inocente para o quarto e trancou a porta, já que precisava “mostrar uma coisa” a ela

Cena 7 Fiz suruba com minha prima novinha
Querem uma tarde de prazer e muito sexo? Essa foi a mensagem que mandei para meus dois primos que me relacionei por muito tempo da minha vida, hoje em dia somos casados e cada um tem suas próprias famílias. Marquei o encontro num motel e claro que os dois toparam, e logo que chegamos fui tomar um delicioso banho e não demorou muito para os tarados estarem me bolinando no chuveiro. Fomos para a cama e lá me entreguei sem nenhuma frescura e relembrando toda a nossa época que morávamos com nossos pais.
Cena 8 Matando a saudade da minha prima casada

Por muitos anos eu comi minha prima, mesmo ainda morando com nossos pais. À medida que o tempo passou, tomamos rumos diferentes na vida. Descobri que ela se casou recentemente! Mas a saudade dos bons tempos sempre esteve presente! Por mais que ela ainda esteja casada, nós sempre damos um jeito de reviver tudo isso!

Cena 9 Na cama com primo do interior
Na cama com primo do interior. Luana Aguiar é a prima que todo tarado gostaria realmente de ter, pois a morena além de ser completamente maravilhosa e toda assanhada, sempre libera sem frescuras e hoje sobrou até pro primo dotado do interior que pela primeira vez estava indo pra cidade grande e já chegou lá sendo super bem recebido dessa forma por ela. Toda taradinha por um roceiro bruto e sistemático, já foi recebendo o cara em casa e arrastando ele pra cama, onde a morenaça de peitinhos bicudos atacou o pau do sortudo com todo desejo do mundo, mamando com vontade mesmo ao ponto de babar e lambuzar na vara inteirinha pra então se jogar na cama de pernas arreganhadas exibindo a sua bucetona greludinha divina pro cara poder meter a vontade mesmo e ele fez isso com prazer. Comeu a safadinha de pernas arreganhadas e depois colocou ela pra trabalhar bastante em cima do seu pauzão, deixando ela completamente a vontade pra ficar ali quicando com essa pererecona gostosa e bem gulosa que ela tem até ele não aguentar mais e encher sua buceta de leitinho cremoso. Confiram o conto erótico de incesto com "Na cama com primo do interior".
Cena 10 Meu Primo e pouco de nossa historia
Meu Primo e pouco de nossa historia. Foi muito tempo de tesão acumulado entre os dois e quando finalmente chegaram ao extremo dessa situação toda, acabaram perdendo a linha e se pegando ali mesmo em cima do sofá. A priminha do rabão enorme marcado de calcinha fio dental Barbara Alves se arreganhou todinha em cima do sofá, abrindo bem as suas pernas grossas para que o seu bucetão greludo e estufadinho pra fora ficasse ainda mais evidente, assim, o primão poderia cair de boca mesmo bem gostosinho e chupa-la por completo e foi o que o rapaz fez. Ela por sua vez retribuiu com uma mamada daquelas que só mesmo uma assanhada bem gulosa sabe como fazer. Lambuzou o caralho grosso e cabeçudo por completo, sentou gostoso demais, toda arreganhadinha por cima do pirocão grosso, cavalgando feito uma verdadeira profissional do sexo e foi se empolgando cada vez mais, tanto é que foi por conta dela que rolou um sexo anal. Ela mesmo pegou no cacetão do primão roludo e colocou pra dentro da sua bunda e continuou lá por cima do pintão sentando exibindo o bundão redondinho cheio de piru dentro. Confiram o conto erótico exclusivo "Meu Primo e pouco de nossa historia".
Cena 11 Não tenha medo, que porta já esta trancada
Não tenha medo, que porta já esta trancada. Eu e minha prima Aninha Galzerano já estamos nos pegando faz um bom tempo e hoje foi apenas mais um desses dias onde rolou uma putaria maravilhosa entre nós, e como a porta já estava bem fechada, acabou dando pra fazer muita sacanagem da boa mesmo. Ela estava um pouco apreensiva no começo pois tinha mais gente na casa, mas depois que eu contei que a porta estava trancada, a baixinha assanhada tirou a sua lingerie e já veio logo pegando na minha piroca e dando uma mamadinha suculenta que me fez ficar com a vara toda lambuzada bem rapidinho. Fiquei com tanto tesão que estava lhe tratando mesmo como uma putinha qualquer, pegando a safada de quatro em cima da cama e mandando ver com força pra dentro da xoxota carnuda e lisinha que ela tem. O trato estava tão bem dado que ela mesmo se abriu todinha na minha frente e começou a pedir pra comer o cuzinho dela também, pra meter bem lá no fundo antes de eu encher a boquinha de veludo dela de porra cremosa. Confiram esse conto erótico de incesto "Não tenha medo, que porta já esta trancada".
Cena 12 Loira gordinha gostosa, do peitão dando pro primo do marido corno
Essa prima linda de peitos generosos chega de viagem à casa do primo da capital, que a hospeda gentilmente! Para economizar com estadas caras em hotéis, ela passa alguns dias na casa dele e, como forma de agradecer-lhe, ela demonstra seus cuidados que aprendeu ao longo da vida!
Cena 13 Comi a prima gordinha
Sempre fui tarado pela minha prima Agatha, e estes dias em que eu estava na casa dela e de sua mãe, minha tia precisou sair e ficar fora por algum tempo. Minha prima foi para o banho e eu fiquei imaginado, eu e minha priminha peladinha no quarto dela aprontando todas as sacanagens possíveis enquanto minha tia não estava em casa.